Cadastre-se
Esqueceu a senha?
Entrar
Tecpar promove seminário sobre novas construções farmacêuticas na área biotecnológica
12 Junho 2018  |  Seção: Serviços  |  Categoria: Dica
WhatsApp Facebook Twitter LinkedIn Send
A - A +
Enviar por E-mailX

Você pode enviar este conteúdo para até três amigo(a)s ao mesmo tempo.

+ 1 Amigo(a)

+ 1 Amigo(a)

Enviar Conteúdo
O seminário será realizado no câmpus CIC do Tecpar, na Rua Professor Algacyr Munhoz Mader, 3775, na Cidade Industrial de Curitiba.
Data:
Cidade:
O Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar) promove, no dia 26 de junho, em Curitiba, o "Seminário para Novas Construções Farmacêuticas ligadas à área de Biotecnologia". O evento é gratuito e vai debater tecnologias construtivas voltadas à indústria farmacêutica.

O evento, promovido pela Soleri do Brasil, é destinado a colaboradores do Tecpar e do Centro de Produção e Pesquisa de Imunobiológicos (CPPI), mas também está aberto ao público, em especial a representantes de empresas da área da saúde.

No programa, quatro grandes áreas serão abrangidas: operações unitárias em áreas assépticas; utilidades da planta fabril; tecnologias em áreas produtivas, utilidades de sistemas de limpeza e esterilização em indústrias farmacêuticas; e envase, revisão e embalagem.

O seminário será realizado no câmpus CIC do Tecpar, na Rua Professor Algacyr Munhoz Mader, 3775, na Cidade Industrial de Curitiba. As inscrições são gratuitas e podem ser feitas pelo e-mail comercial@soleridobrasil.com.br.
 
Do participante, será cobrada apenas a refeição realizada no Tecpar.

Serviço

Seminário para Novas Construções Farmacêuticas ligadas à área de Biotecnologia

Data: 26 de junho

Horário: 9h às 17h

Investimento: Gratuito

Local: Câmpus CIC do Tecpar (Rua Algacyr Munhoz Mader, 3775 ? Cidade Industrial de Curitiba)

Inscrições: Pelo e-mail comercial@soleridobrasil.com.br
Fonte: Tecpar Site
Comentários X

As opiniões expressas nos comentários são de única e exclusiva responsabilidade de seus autores e não expressam a opinião deste site. Comentários ofensivos ou que violem a legislação vigente serão suprimidos.


* seu e-mail não será publicado.
Enviar Comentário